Segunda-feira
27 de Maio de 2019 - 

Controle de Processos

STF STJ TJSP TST

Alunos de escola estadual visitam o Fórum de Adamantina

Atividade faz parte do projeto “Educação na Cidadania”.     O projeto “Educação na Cidadania” levou estudantes da Escola Estadual Helen Keller ao Fórum de Adamantina no último dia 12. Na ocasião, os jovens conheceram as instalações do prédio, participaram de audiência simulada e ouviram duas palestras: uma sobre cidadania, conduzida pela juíza Ruth Duarte Menegatti, titular da 3ª Vara e diretora do Fórum, e em seguida uma abordagem sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente, pelo juiz Carlos Gustavo Urquiza Scarazzato, titular da 2ª Vara, que também responde pela Vara da Infância e Juventude.     Em sua fala, a juíza Ruth Duarte Menegatti conversou sobre ética, cidadania, direitos, deveres, e a vida em sociedade. Em seguida, o juiz Carlos Scarazzato falou sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e aconselhou os jovens. “Respeito vão aprender, de um jeito ou de outro, mas aprendam com quem tem o dever de cuidar de vocês, porque se não aprenderem com a família, com a escola e com a sociedade, vão aprender com quem não está nem aí para vocês”, destacou o magistrado.     Na audiência simulada, os próprios alunos ocuparam as posições de juiz, promotor, advogado e vítima, cada qual orientado e assessorado pela juíza Ruth Menegatti, pelo promotor de justiça João Carlos Talarico, pela advogada Simone Balieiro Alabarse e pela professora Gislene Bortoletto Forti. O papel do adolescente infrator foi assumido pelo juiz Carlos Scarazzato.     Educação na cidadania - O projeto é uma parceria do Fórum de Adamantina com as escolas públicas da cidade. “Adotamos a metodologia ativa para possibilitar que os alunos experimentem o papel do outro e se tornem protagonistas na construção do conceito de cidadania”, explica a juíza Ruth Duarte Menegatti. “Por meio de vivências o adolescente adquire ou modifica suas competências, habilidades, conhecimentos, comportamentos ou valores, levando-o a compreender melhor seu papel no mundo”, completou ela.            imprensatj@tjsp.jus.br
24/04/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitas no site:  795938