Sábado
28 de Novembro de 2020 - 

Controle de Processos

STF STJ TJSP TST

Previsão do tempo

Hoje - São Paulo, SP

Máx
31ºC
Min
20ºC
Pancadas de Chuva a

Domingo - São Paulo, SP

Máx
30ºC
Min
20ºC
Pancadas de Chuva a

Segunda-feira - São Pau...

Máx
30ºC
Min
22ºC
Chuvas Isoladas

IPAM recebe menção honrosa no Prêmio Betinho com o projeto “Eu Tenho Voz”

Premiação da Câmara Municipal de São Paulo.   O Instituto Paulista de Magistrados (Ipam) ganhou, pela segunda vez, menção honrosa no Prêmio Betinho de Cidadania e Democracia, com o projeto “Eu Tenho Voz”. A sessão solene de entrega do prêmio ocorreu hoje (23), na Câmara Municipal de São Paulo. Idealizado e coordenado pela juíza Hertha Helena Rollemberg Padilha de Oliveira, 2ª vice-presidente do Ipam, a iniciativa tem como objetivo defesa e prevenção contra abuso sexual, físico e psicológico cometidos contra crianças e adolescentes. A iniciativa já foi homenageada em 2018, quando concorreu ao prêmio pela primeira vez. “Gostaria de agradecer a todos os juízes que participam como voluntários deste projeto e que permitem que a gente chegue até as escolas e converse com as crianças para auxiliá-las a sair da situação de violência”, afirmou Hertha Helena ao receber a homenagem. “Este é um projeto que fazemos com muito amor”, declarou a presidente do Ipam, juíza Tânia Mara Ahualli. “A maioria que se dedica a esta iniciativa é de magistradas, que se desdobram para atender essas crianças, diminuir os riscos e acolhê-las quando necessário.” O projeto “Eu Tenho Voz” foi criado em 2016 e já atendeu 30 mil crianças desde então. A iniciativa conta com o apoio do Tribunal de Justiça de São Paulo, Secretarias de Educação municipal e estadual e Secretaria de Segurança Pública. As diferentes ações promovidas são um conjunto de eventos, com temas direcionados ao objetivo do projeto, com a formação de uma estrutura interna no IPAM para dar o apoio efetivo, permanente e atuante, necessários ao acolhimento das vítimas e a prevenção dos riscos.  A premiação é uma iniciativa da Câmara Municipal de São Paulo, instituída em 1997, em homenagem ao sociólogo mineiro Herbert de Souza, o Betinho. O "Eu Tenho Voz" foi finalista ao lado de outros cinco projetos. A ação “Combate à Covid-19 LGBTI na periferia”, do projeto Família Stronger foi a vencedora.   imprensatj@tjsp.jus.br     Siga o TJSP nas redes sociais:  www.facebook.com/tjspoficial www.twitter.com/tjspoficial www.youtube.com/tjspoficial www.flickr.com/tjsp_oficial  www.instagram.com/tjspoficial  
23/10/2020 (00:00)
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitas no site:  1342557